PORTUGAL RTA Consultoria
25-05-16 0 Hits

OBJECTIVOS:
• Conhecer as obrigações legais relativas à higiene e segurança alimentar, incluindo a implementação do Sistema de HACCP, incluindo as regras internacionais de higiene e segurança alimentar;
• Conhecer os procedimentos a aplicar aquando da recepção, armazenamento, preparação, confecção e conservação dos alimentos;
• Adquirir os conhecimentos necessários para desenvolver, implementar, gerir e melhorar continuamente um sistema preventivo de segurança alimentar - o HACCP (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controlo), e verificar a sua operacionalidade;
• Proceder à aplicação do Sistema HACCP, conhecendo as etapas do processo, as suas vantagens e dificuldades de implementação;
• Desenvolver capacidades de implementação de um Sistema de Gestão da Segurança Alimentar, de acordo com o referencial ISO 22000;
• Adquirir conhecimentos técnicos, ferramentas e metodologias necessários à preparação e realização de auditorias HACCP;
• Desenvolver capacidades de integração de um Sistema de Gestão da Segurança Alimentar (ISO 22000) com o Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9001).
Um dos sectores de actividade económica com maior impacte junto do consumidor é, sem dúvida, o alimentar. Empresas que produzem, manuseiam, fornecem ou distribuem géneros alimentícios reconhecem uma necessidade cada vez maior de demonstrar e documentar as condições de controlo, com impacte na segurança alimentar, de modo a garantir a imprescindível qualidade alimentar. A Segurança Alimentar está relacionada com a presença de perigos associados aos géneros alimentícios no momento do seu consumo (ingestão pelo consumidor). Como a introdução desses perigos pode ocorrer em qualquer etapa da cadeia alimentar, torna-se essencial a existência de um controlo adequado ao longo da mesma.
A segurança dos alimentos tornou-se numa das prioridades cimeiras da política comunitária. Deste modo, a implementação de um sistema HACCP e de uma SGSA, e a respectiva condução de auditorias de modo a verificar a sua conformidade, operacionalidade e oportunidade de melhoria contínua, permitem o cumprimento legal e o aperfeiçoamento permanente da qualidade e segurança dos produtos alimentares, melhorando a eficácia e desempenho da Organização, quer a nível da gestão da segurança alimentar, quer na gestão global da empresa.

DESTINATÁRIOS:
Empresas que exercem actividade na área alimentar (desde a produção até à distribuição), com responsabilidades na gestão e avaliação do Sistema HACCP:
Indústria Alimentar, Transporte, Armazenamento e Distribuição, Retalhistas, Restauração, Hotelaria, Comércio.
Técnicos, Consultores, Auditores e Inspectores nas áreas da Higiene e Segurança Alimentar, Qualidade, Higiene e Segurança no Trabalho.
Outros profissionais que considerem pertinente o desenvolvimento das respectivas competências, que exercem ou que pretendem vir a exercer actividade na área da higiene e segurança alimentar.

DURAÇÃO:
Horas: 14
Dias: 27 e 28/Jun./2016 | 9:30-17:30

PROGRAMA:
1. Conceitos fundamentais de higiene e segurança alimentar
Conceitos fundamentais de microbiologia e toxicologia alimentar
Boas práticas de higiene e de fabrico
Concepção de instalações alimentares
Pré-requisitos de um Sistema de Gestão da Segurança Alimentar. Vantagens e motivações
2. Enquadramento legal e normativo
Novas regras de higiene alimentar
Legislação nacional e comunitária (horizontal e sectorial)
Sistema HACCP
Sistemas de Gestão de Segurança Alimentar
3. Requisitos do Sistema HACCP
4. Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controlo
A origem e o que significa HACCP
Princípios do Sistema HACCP
Metodologia de elaboração de planos HACCP
5. Quais são os principais riscos ambientais para a saúde, ligados à cadeia alimentar
Contaminação dos alimentos: agentes e processos de contaminação
Riscos químicos, físicos e biológicos
As exposições combinadas de substâncias autorizadas, incluindo o impacte das catástrofes ambientais locais e da poluição na segurança dos géneros alimentícios, com tónica nos riscos cumulativos, nas vias de transmissão ao Homem, nos efeitos a longo prazo
A exposição a pequenas doses, bem como o impacte nos grupos sensíveis
6. Como evitar as principais causas de contaminação dos produtos alimentares
Como evitar contaminações desde a fase de fabrico até à comercialização do produto
Como reduzir as três principais origens de contaminação
Quais são as boas práticas de higiene na manipulação de alimentos
Recepção, armazenamento, preparação, confecção e conservação dos alimentos
7. Requisitos de um Sistema de Gestão de Segurança Alimentar e interacção com a Gestão da Qualidade
Norma ISO 22000
Interacção entre os Princípios do Sistema HACCP e o Sistema de Gestão da Segurança Alimentar
Integração da norma ISO 22000 com a norma ISO 9001 (Sistema de Gestão da Qualidade)
8. Auditorias HACCP e/ou a Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar
9. Estudo de casos
Listas de verificação de pré-requisitos do Sistema HACCP
Planos HACCP, aplicados a diagramas de processo e de fabrico de produtos alimentares
Manual de boas práticas
Documentação e registos

Condições especiais:
A partir do 2º participante da mesma empresa, ou a título particular, beneficie de 15 % de desconto por inscrição adicional! Se pretender inscrever um grupo de 5 ou mais participantes, contacte-nos para obter um orçamento personalizado.
INCLUI: Documentos e registos para o Sistema HACCP

O Código do Trabalho prevê que seja assegurada formação certificada a cada colaborador. Para que possa garantir esta conformidade e obrigatoriedade legal, converta-a numa grande oportunidade de formação.

Rua Júlio Conceição Sousa, nº 14 C - Quinta da Parreirinha, 2695-065 Bobadela


Send Message Phone: +351919390891


Higiene e Segurança Alimentar: Requisitos Legais e Técnicos. Sistema HACCP e Sistema de Gestão da Segurança Alimentar (ISO 22000) Map

Map View


Ação

Pub

Status

156640 views

1840 ads

3595 users